Anuncie onde seu cliente também vê!   I    Homem natural de Santo Augusto é assassinado no presídio   I    “Contei minha vida perdida” afirma vítima baleada em assalto no interior de Catuípe   I    Demei Geração informa sobre o reajuste da Receita Anual de Geração (RAG)   I    Onda de calor na Europa complica prevenção do coronavírus, que continua devastando o Brasil   I    Motoboy é vítima de racismo durante entrega em condomínio de luxo
1 de janeiro de 2020

Torcedores gremistas entregam ceia de Ano-Novo a moradores de rua durante o Réveillon

Arroz, lentilha, carne de porco e farofa — os ingredientes, comuns às mesas no Réveillon, foram também o cardápio de 50 marmitas distribuídas a moradores de rua nos bairros Menino Deus e Azenha, em Porto Alegre, horas antes da chegada de 2020. A ceia solidária foi entregue por torcedores do Grêmio, que fizeram uma força-tarefa para compartilhar alimentos, abraços e votos de feliz Ano-Novo com pessoas em situação de vulnerabilidade.

Os voluntários Paulo, Francisco e JenniferPaulo Roberto da Silva / Arquivo Pessoal

— Foi incrível. Eles nos receberam com sorrisos e agradecimentos. É um cardápio normal para quem comemora o Ano-Novo em casa, com a família. Mas para eles foi especial — garante a recepcionista Jennifer da Rosa Gonçalves, 25 anos.

Jennifer, que mora em Alvorada, na Região Metropolitana, veio para a Capital de carona com um motorista de aplicativo, que se disponibilizou a transportá-la sem custo. Partiram também de voluntários tricolores os recursos para comprar comida, bebida e até sobremesa — cem cupcakes foram doados para a iniciativa.

O restaurante onde as marmitas foram montadas foi outra prova de solidariedade: o dono do estabelecimento disponibilizou gratuitamente o local para preparação das doações.

Quem organizou tudo, desde a arrecadação de recursos até a reunião dos voluntários, foi Rafael Baptista Santos, 25 anos, administrador da página Grêmio Future, que tem mais de 80 mil seguidores no Twitter. E ele nem mora em Porto Alegre –residente em Brasília há oito anos, o torcedor costuma promover ações beneficentes com frequência. Desta vez, juntou os colaboradores em um grupo de WhatsApp e fez tudo acontecer.

— Os seguidores compram nossas idéias, todas as vezes em que me propus a participar de uma ação assim tive um feedback positivo e a confiança deles. Gosto de ajudar, e a página me dá essa condição. É gratificante.

Fonte: Gaúcha ZH

Notícias Relacionadas

  • URGENTE: Homicídio é registrado no ...

    12 de agosto de 2020
  • Homem natural de Santo Augusto é as...

    11 de agosto de 2020
  • Onda de calor na Europa complica pr...

    9 de agosto de 2020
  • Motoboy é vítima de racismo durante...

    7 de agosto de 2020

PUBLICIDADES

PUBLICIDADES



NOTÍCIAS NO SEU E-MAIL

Cadastre-se para receber.

Entre em contato conosco



(55) 9 9186-3339 Ijuí/RS / CEP: 98700-00
Copyright 2019 ® - Todos os direitos reservados 
Enviar mensagem
Olá tudo bem!
Deixe aqui seu recado que em seguida vamos responder.
Repórter Janio Fernandes